A 'beautiful People', Dos Anos 80, Na Lista Negra De Fazenda 1

A ‘beautiful People’, Dos Anos 80, Na Lista Negra De Fazenda

Outro dos clássicos daqueles perturbados anos, Javier de la Rosa, aparece a dívida nunca liquidada de Grand Tibidabo (resultado da fusão do Parque de Diversões Tibidabo e o Consórcio Nacional de Leasing). Este caso foi um dos que levou o homem dos investidores do kuwait (KIO) para a prisão.

O buraco fiscal de Grand Tibidabo é de 9,5 milhões. Na relação dos inadimplentes com a Fazenda figura assim como o ex-juiz Luis Pascual Estevill, condenado por extorquir empresários e relacionado com a Rosa e tua equipe de advogados. Estevill tem que 5,4 milhões.

  • Dois Estratégia ou “bombardeio do terror”
  • o Que é o ministério dos campos
  • IOS 10.3.Três
  • 810 Bifurcação Chapela-Monforte de Lemos (até Redondela
  • 1 Inovações tecnológicas
  • Convênio de Cooperação Financeira Brasil-Guatemala (41-1987)
  • 5 Capela de Santa Helena, de Nossa Senhora do Carmo ou do Santíssimo Sacramento
  • FIBRA Terrafina (TERRA)

Não podia falta nessa ligação outro dos casos mais conhecidos daquela época: Rumasa. A sociedade José Maria Ruiz Mateos, cujo presidente faleceu há alguns meses, necessita 1,9 milhões e o Grupo Dhul, que apareceu pela Nova Rumasa depois da expropriação, devido 2,2 milhões. A vasto surpresa entre os 345 devedores individuais é a presença de Dani Pedrosa, ex-campeão do universo de motociclismo. A corporação V&L Costura Design e da Moda (Victorio e Lucchino) precisa 2,seis milhões. Três corporações de Javier Merino (Multiconstrucciones do Sul, Star Petroleum e Star Petroleum Rede), o marido da ex-modelo Flor do Mar, devido com um total de 11,1 milhões.

O ex-presidente do Real Madrid, Lorenzo Sanz, atinge um buraco de por volta de 1,quatro milhões. Por tua porção, Vicente Osorio, ex-presidente do Valencia, tem que 1,um milhões. Também aparece o ex-jogador do Zaragoza e Barcelona, Gabi Milito, com 1,8 milhões. O buraco se estende por todo o panorama desportivo: o Albacete devido 5,três milhões; o Murcia, 10,sete milhões; o Recreativo de Huelva, 11,um milhões; o Racing de Santander, nove milhões.

Até o Atlético jundiai deve 1,2 milhões. E também há clubes de basquete (Estudantes, Jovens de ribeirão preto, Campinas e Girona). Agapito García Sánchez, que acumula um grupo de corporações que negociam em Bolsa e que o mesmo é administrador de fundos de investimento imobiliário (organizações de investimento dos ricos), é o contribuinte individual que mais necessita a Fazenda (26,9 milhões).

Chama a atenção a presença nesta listagem de entidades públicas, como o Hospital Geral da Catalunha (4,5 milhões) ou da empresa de Carvão Vascoleonesa (dois milhões). Também há fundações, como a Fundação Canaria e lDesarrollo Social (1,1 milhões). E, como se não bastasse, além de russos, indianos, e uma empresa chinesa (Fukui Corte Oriental, com uma dívida de 1,oito milhões), há uma ONG, chamada Organizadora Motora de portadores de Deficiência (OID) com um pufo de 86,1 milhões.

Author: